Quarta-feira, 29 de Agosto de 2012

...


Gladíolo

Gladíolo
  • Nome científico: Gladiolus L.
  • Plantar: Janeiro a Maio
  • Profundidade:6 cm
  • Distancia: 12 cm
  • Floresce: Maio a Setembro
  • Altura: 100 cm. ( max. 120 cm.)
  • Prefere o sol pleno
  • Prefere locais ventilados mas sem ventos fortes onde receba a luz da manhã
  • Não gosta do excesso de água, pois água em excesso pode apodrecer o bolbo, mas precisam de muita àgua
  • Carece de um solo argilo-arenoso
  • São maus competidores, por isso deve-se tentar desbastar todas as ervas daninhas que surjam à sua volta
  • Originária: Madagascar e Eurásia
  • Deve-se remover as flores murchas para encorajar outras a abrirem
  • Cortar dois ou três bortos de cima ajuda a endireitar o caule e ajuda as outras flores a abrirem
  • Indicado para vasos, canteiros e corte
  • Remover as flores murchas para encorajar as outras a abrirem
  • Após florir, deve-se retirar todo o pé da flor, cortando o mais perto da terra possível, para prevenir a propagação de qualquer doença
  • Multiplica-se por bolbo (cormo) e pelos bulbilhos que se criam à volta do bolbo principal
  • Os bolbos e bulbilhos devem ser retirados da terra e destacados, e guardados no Outono, até à época de plantio (normalmente 6 a 8 semanas depois de ter florescido.
  • Significado: Victoria, Recordação, Desejo, e oferecida a alguém "Perfuras-me o coração"ou "O meu coração desafia-te". Também podia significar a hora do encontro entre os amados, que igualava o número de flores no caule.
  • O nome do gladíolo é derivado do latim, "gladius" que significa "espada". Isto reflecte a forma das folhas que se erguem lembrando as espadas, mas esta era também a flor oferecida aos gladiadores romanos no final dos combates.


















TERÇA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2008

Ciclame

Ciclame
  • Nome científico: Cyclame persicum
  • Também conhecido por ciclame-da-persia, violeta-dos-alpes, ciclame-de-alepo
  • Semear: A partir de Setembro até Maio (Idealmente no final do Verão)
  • Transplantar em Agosto
  • Profundidade: Cobrir o tubérculo por 1/3 ou metade
  • Distancia: 1 flor por vaso
  • Floresce: Setembro a Março
  • Temperatura 12ºC a 18ºC (máximo 5ºC)
  • Altura: 20 cm. ( max. 30 cm.)
  • Prefere o sol parcial ou sombra
  • Prefere locais ventilados mas sem ventos fortes onde receba a luz da manhã
  • Manter certo grau de humidade mas evitar excessos de água; não suporta humidade nem calor em excesso
  • No Inverno regar a cada 3 dias
  • "Quando a planta estiver em pleno crescimento, do Outono até ao final do Inverno, conserve a terra apenas húmida. Depois da época de crescimento, vá regando gradualmente menos e deixe a planta secar" In. SEDDON, George: O Jardim em sua Casa, Círculo de Leitores, 1976, p. 50
  • O excesso de água pode apodrecer o bolbo
  • Carece de 1/4 de terra comum, 1/4 de terra vegetal e 1/2 de arreia
  • Coloque gravilha no prato para a planta obter a humidade suficiente
  • Originária: Europa, Ilhas Gregas e Mediterrâneas, Síria
  • Indicado para vasos e planta de interior
  • Planta perene
  • Multiplica-se por bolbo e semente
  • Floresce ao final de 15 meses após semear, isto é, mais que um ano
  • Assim que as folhas murcharem e caírem, devesse retirar, puxando, as hastes, de modo a removê-las da planta pois podem prejudicar a planta
  • Atraem borboletas
  • Significado: "Amor maternal"In. GREENAWAY, Kate: A Linguagem das flores, Círculo de Luitores, 1977
  • Simboliza o crescimento interior e sugere o ciúme, a resignação e o adeus. Ideal para locais de reflexão.








DOMINGO, 6 DE JULHO DE 2008

Sparaxis

Sparaxis

  • Nome científico: Sparaxis tricolor
  • Semear: Fevereiro a Abril
  • Profundidade: 4 cm.
  • Distancia: 5 cm.
  • Floresce: Maio a Agosto
  • Altura: 30cm. ( 45 max.)
  • Prefere o sol pleno
  • Manter certo grau de humidade
  • Originária: Cabo da Boa Esperança
  • Indicado para canteiros, bordaduras, flor de corte, vaso e jardim
  • Planta perene
  • Devem-se agrupar em 6 ou 8 ou 12 dependendo do tamanho do vaso. São plantas que tal como as pessoas são sociáveis e dão-se melhor se acompanhadas
  • Depois de florescer, não se deve cortar a folhagem, que absorve o sol e ajuda a maturação
  • Multiplica-se por bolbo e semente
  • A cada cinco anos deve-se verificar os bolbos e revolver a terra
  • Fáceis de plantar, apenas empurrar com o dedo e deixar a parte pontiaguda para cima e as raízes para baixo (na dúvida, deixar de lado)
  • O seu nome significa "rasgar"










publicado por ciadojardins às 18:31

link do post | comentar | favorito

...


Ixia

Ixia

  • Nome científico: Ixia hybrids ou Dichone Salib.
  • Semear: Fevereiro a Junho
  • Profundidade: 5 cm
  • Distancia: 8 cm.
  • Floresce: Junho a Agosto
  • Altura: 40 cm. (60 max.)
  • Prefere o sol pleno ou sombra
  • Não é sedenta
  • Originária: África do Sul
  • Indicado para flor de corte, vaso e jardim
  • Como flor de corte, deve-se cortar pelo fim do caule e colocá-las em água morna; devem durar coisa de uma semana
  • Devem-se agrupar em 6 ou 8 ou 12 dependendo do tamanho do vaso. São plantas que tal como as pessoas são sociáveis e dão-se melhor se acompanhadas
  • Multiplica-se por bolbo e semente ( a semente é semeada no Outono para que possa ter o máximo de tempo possível para se desenvolver, depois de germinar)
  • Apenas apanhar os bolbos se estes ficarem muito grossos; levantá-los só quando a rama ficar seca
  • O seu nome deriva do grego "visco" ou "engodo de pássaros"













publicado por ciadojardins às 18:31

link do post | comentar | favorito

...


Setcrésia

Setcrésia

  • Nome científico: Setcrease Purpurea
  • Também conhecida por: Tradescantia pallida
  • Família: Commelinaceae
  • Transplante:Abril (Primavera)
  • Floresce: Maio a Dezembro
  • Altura: 20 a 30 cm
  • Originária: México
  • Prefere: Sol pleno
  • Regas: deve manter-se húmida
  • Tolera: a seca
  • Adubar semanalmente
  • Não tolera: temperaturas inferiores a 7 º C.
  • Ciclo: Perene
  • Multiplica-se por: divisão do caule ou raiz
  • Ideal para: vasos pendentes ou para rastejante
  • Caso não apanhe luz forte directa, esta planta perde o tom roxo e começa a ficar verde
Algumas fotos da autoria de GREENMAN ou JOSÉ SANTOS. (identificadas)

SÁBADO, 1 DE NOVEMBRO DE 2008

Violetas

Violetas

  • Nome científico: Viola odorata
  • Também conhecida por: Violeta-de-cheiro
  • Família: violáceas
  • Semear: Outono
  • Floresce: Fevereiro a Junho
  • Semear: 1 cm de profundidade
  • Altura: 10 a 20 cm
  • Originária: Europa
  • Prefere: luz indirecta (ou pelo menos, sombra à tarde)
  • Aprecia: vasos de barro, que absorvem a humidade em excesso;
  • Aprecia mudas de matéria orgânica da compostagem
  • Regar duas vezes por semana no Verão e uma vez por semana no Inverno.
  • Não tolera: cloro. Pode ferver a àgua e deixar de um dia para o outro para que o cloro de evapore da Água da rega
  • Não molhar as folhas, para que não apodreçam
  • Ciclo: perene
  • Multiplica-se por: divisão da touceira(1), reprodução/ estaca de folha, semente
  • Ideal para: jardins, vasos e interior
  • É comum na Península Ibérica
  • Possui um aroma muito delicado que emana das flores púrpuras
  • Possui folhas ovais e lisas, suportadas por uma haste longa
  • "Na Roma antiga comemoravam o Dia dos Mortos (Dies violores), dia das violetas. Na crença cristã, Cristo reencarnado é representado com um manto de violetas e está associado à Paixão de Cristo."[Jardins, Mulher]
  • São usadas medicinalmente desde a antiguidade em maleitas que vão desde mau-hálito a cancro de boca
  • "Os povos antigos usavam a florzinha, sabiamente: em coroas contra as dores de cabeça."[Folhas & Flores]
  • São comestíveis; "Xarope: Verta água a ferver por cima das flores e deixe repousar durante um dia. Depois de coadas as flores, junte sumo de limão e açúcar a gosto e volte a ferver até atingir a textura de um xarope."[Jardins, Mulher]
  • Significado: "Lealdade"; violeta branca:"Promessas"; violeta-dupla:"Amizade recíproca"; violeta-perfumada"Modéstia. Candura"In. GREENAWAY, Kate: A Linguagem das flores, Círculo de Leitores, 1977

(1)Touceira:
"1 grande touça
2 conjunto de plantas da mesma espécie que nascem muito próximas entre si, formando um tufo espesso; tb. pode ser constituído pelos diversos eixos de uma única planta
Ex.: 
.=".">.=".">
3 Rubrica: botânica.
parte da planta a que se cortou o caule, que permanece viva no solo, com capacidade para regenerá-la"
 In Houaiss, o dicionário electrónico
publicado por ciadojardins às 18:29

link do post | comentar | favorito

...


Queen Fabiola Brodiaea


Queen Fabiola Brodiaea
  • Fam. Themitaceae, gen. triceleia
  • Plantar: Abril a Maio
  • Profundidade:10 cm
  • Distancia: 7 cm
  • Floresce: Setembro a Outubro
  • Altura: 40 cm.
  • Aprecia a sombra
  • Atrai abelhas e borboletas
  • Não tolera temperaturas abaixo dos 5ºC
  • Planta Perene
  • Originária:Norte da Califórnia
  • Indicado para o Canteiros, rochas, corte (dura cerca de 2 semanas) e em vaso (4 a 6 cormos)
  • Multiplica-se por bolbo , semente e flor.
  • Regar e adubar à vontade a cada 3 semanas desde a primavera até a flor cair.
  • Acompanha Sálvia, a Peónia, a Digitalis e o Allium
  • O nome é derivado do da rainha da Belgica, "Fabiola"














publicado por ciadojardins às 18:28

link do post | comentar | favorito

...


Túlipa

Túlipa

  • Nome científico: Tulipa gesneriana l,
  • Alt. 10 a 90 cm.
  • Plantar: no inicio do Outono
  • Profundidade: 10 cm.
  • Distancia: 10 a 15 cm.
  • Floração: Primavera
  • Origem: Pérsia (Ásia Central)
  • Deve evitar solos pesados
  • Os bolbos das tulipas devem ser plantados com o ápice paracima e depois deve-se cobrir e aconchegar o solo à sua volta
  • Prefere a meia sombra
  • Não suporta ventos fortes
  • É uma planta de clima frio e por isso suporta bem as baixas temperaturas
  • Regar regularmente mas evitando as acumulações de água para evitar o apodrecimento dos bolbos
  • Propaga-se por bolbos, escamação e sementes
  • Para manter os bolbos a florirem de ano para ano deve-se cortar as flores secas, inclusive as folhas
  • Deixar o bolbo secar na terra e depois ao sol
  • Os bolbos devem ser renovados por questão de génese, para evitar doenças, resistência a pragas, etc
  • Manter os bolbilhos em lugar seco, arejado e embrulhados em papel, num período de 3 messes
  • Para acelerar o processo de maturação, deve-se colocar os bolbos no congelador, no período de 4 meses antes do plantio. Depois manter mais dois meses na terra, em lugar fresco e sem luz directa, embora com boa luminosidade.
  • Os bolbilhos podem ser plantados num lugar menos visto do quintal, onde poderão favorecer de algum tempo para amadurecer e "engordar"
  • Dica: Pode-se colocar uma pedra de gelo sob o prato e sobre o substrato da túlipa, de manhã e à noite, para emular ambientes mais frios
  • Indicado para: Canteiros, bordaduras, vasos, planta de interior e corte
  • Dica: se se pretender cortar a planta, deve-se fazê-lo enquanto esta ainda está fechada, mas cheia de cor. Assim, a flor irá desabrochar após o corte e durará mais; a cada quatro dias mude a água e volte a cortar um pequeno pedaço do caule, para assegurar que esta perdure sem apodrecer.
  • O seu bolbo é comestível e durante a segunda guerra mundial serviu de alimento aos Holandeses, que o usavam, tal como uma batata, como alimento e até para fazer bolos. Descobriu-se ainda que torrado serve para fazer uma espécie de café.
  • A palavra túlipa deriva da palavra "tulbänd" do antigo persa que significa turbante. Em latim, ficou a palavra túlipa fixada
  • A holanda é o maior exportador de túlipas do mundo
  • Significado: "Fama"; Túlipa-amarela:"Amor sem esperanças"; Túlipa vermelha "Declaração de amor"; Túlipa tricolor "IndependênciaIn. GREENAWAY, Kate: A Linguagem das flores, Círculo de Leitores, 1977


publicado por ciadojardins às 18:27

link do post | comentar | favorito

...


Frésia

Frésia
  • Nome científico: Freesia x Hybrida
  • Semear: Setembro a Maio (preferencialmente no início do Outono)
  • Floresce: Fevereiro a Agosto
  • Semear directamente com 10 cm de distância e 8 de profundidade.
  • Altura: 30 a 45cm
  • Prefere a sombra
  • Ciclo: Anual
  • Originária: África do Sul
  • Ideal para canteiros, bordaduras, vasos, floreiras , maciços e para corte
  • Multiplica-se por bolbos ou sementes
  • São flores extremamente perfumadas
  • Não suporta geadas
  • Precisa de muita água
  • Remover as flores murchas para encorajar as outras a abrirem
  • Assim que a folhagem seque deve-se desenterrar os bolbos e conserva-los em local fresco e arejado; aconselha-se o frigorífico
  • Cortar dois ou três brotos de cima ajuda a endireitar o caule e ajuda as flores debaixo a abrirem
  • O seu nome tem origem no nome do homem que as divulgou no século XIX, o naturalista T. Freese
  • Manter longe de fruta, vegetais e excesso de calor, pois são sensíveis ao gás etano
  • Significado: "Inocência"
publicado por ciadojardins às 18:27

link do post | comentar | favorito

...


Saxifraga sarmentosa

Saxifraga sarmentosa

  • Nome científico: S. stolonifera
  • Também conhecida por : barba-de-judeu, mãe-de-mil-filhos
  • Floresce: Primavera ao Verão
  • Adubar quinzenalmente de Abril a Setembro
  • Prefere luz forte e difusa
  • Planta perene
  • Originária da Ásia (Extremo Oriente)
  • Indicada para pequenos canteiros, beiras de lagos, vasos suspensos (devido à forma com que cresce, em cascata)
  • Manter o solo ligeiramente húmido
  • Fertilizar na altura de florescimento
  • Não tolera temperaturas a baixo dos 4ºC
  • Propaga-se por estolhos(1) que surgem da planta principal. "Reproduza-a cortando as plantículas e plantando-as separadamente." In. SEDDON, George: O Jardim em sua Casa, Círculo de Leitores, 1976, p. 53
  • As suas raízes propagam-se não verticalmente, mas horizontalmente.
  • Transplanta-se utilizando qualquer terra de boa qualidade, no início da primavera
  • O seu nome de Stoloniferaderiva da combinação duas palavras em latim, "rocha" e "partir", que mostra a resistência das raízes desta planta, que se propaga até por cima destas, a partir do seu sistema de estolhos.



























(1) "Estolho: É um tipo de caule rastejante que emite brotações laterais que em intervalos sucessivos pode criar gemas com raízes e folhas. Desta forma o estolho permite a propagação vegetativa da espécie. Sinônimo: Estolão, estolhão. Ex.: Morangueiro". In. O Jardineiro
publicado por ciadojardins às 18:26

link do post | comentar | favorito

...

Bougainvillea

Saxifraga sarmentosa

Saxifraga sarmentosa

  • Nome científico: S. stolonifera
  • Também conhecida por : barba-de-judeu, mãe-de-mil-filhos
  • Floresce: Primavera ao Verão
  • Adubar quinzenalmente de Abril a Setembro
  • Prefere luz forte e difusa
  • Planta perene
  • Originária da Ásia (Extremo Oriente)
  • Indicada para pequenos canteiros, beiras de lagos, vasos suspensos (devido à forma com que cresce, em cascata)
  • Manter o solo ligeiramente húmido
  • Fertilizar na altura de florescimento
  • Não tolera temperaturas a baixo dos 4ºC
  • Propaga-se por estolhos(1) que surgem da planta principal. "Reproduza-a cortando as plantículas e plantando-as separadamente." In. SEDDON, George: O Jardim em sua Casa, Círculo de Leitores, 1976, p. 53
  • As suas raízes propagam-se não verticalmente, mas horizontalmente.
  • Transplanta-se utilizando qualquer terra de boa qualidade, no início da primavera
  • O seu nome de Stoloniferaderiva da combinação duas palavras em latim, "rocha" e "partir", que mostra a resistência das raízes desta planta, que se propaga até por cima destas, a partir do seu sistema de estolhos.



























(1) "Estolho: É um tipo de caule rastejante que emite brotações laterais que em intervalos sucessivos pode criar gemas com raízes e folhas. Desta forma o estolho permite a propagação vegetativa da espécie. Sinônimo: Estolão, estolhão. Ex.: Morangueiro". In. O Jardineiro
Bougainvillea
  • Espécie: Bugainvillea x buttiana
  • Também conhecida por: Buganvília,Buganvílea, "Mrs. Butt", "Primavera", "Três-marias", "Sempre-lustrosa", "Santa-rita", "Ceboleiro", "Roseiro", "Roseta", "Pataguinha", "Pau-de-roseira" e "Flor-de-papel"
  • Tipo: Angiosperma
  • Reprodução: Primavera ou Verão
  • Transplante: "Enquanto a plantafor jovem, transplante-a todos os anos em Fevereiro, passando-a para uma boa terra para vasos. As plantas mais velhas devem mudar de vaso de dois em dois anos."In. SEDDON, George: O Jardim em sua Casa, Círculo de Leitores, 1976, p. 36
  • Perene
  • Prefere sol pleno
  • Originária da América do Sul (Brasil)
  • Multiplica-se por alporquia, estaquia e sementes; pode ter de tentar com vários ramos, mas em 4 a 6 semanas esta planta cria um bom sistema radicular
  • Indicado para trepadeira tipo arbusto com ramos espinhosos; no entanto pode ser "treinada" para ser um arbusto num vaso ou uma planta de vaso suspenso. Com um pouco mais de trabalho pode-se chegar à forma de um disciplinado bonsai
  • Beliscar o topo das flores dos ramos encoraja o despontar das restantes flores
  • Convém anualmente fazer podas para consolidar o crescimento, formação e saúde da planta.
  • Aguentam períodos irregulares de água, podendo ser regada liberalmente durante meses e passando por épocas secas logo de seguida
  • Não use pratos debaixo de vasos com esta planta
  • Só floresce nos ramos com mais de um ano
  • Tende a florir quando sofre de situações de stress como durante os períodos de seca.
  • "Regue a «Mrs. Butt» liberalmente no Verão e parcimoniosamente no Inverno, Quando deverá ser conservada a uma temperatura de 4º a 7ºC." Ibiden
  • São vulneráveis a mudanças: cuidado ao mudar de contentor
  • Na década de 1760, o botânico Frances Philibert Commerson descobriu uma trepadeira colorida e decidi-lhe chamar bouganvillea nome do seu amigo e capitão, Louis A. de Bougainville, um notável matemático, advogado e explorador canadiano.
  • Significado:"primeira juventudeIn. GREENAWAY, Kate: A Linguagem das flores, Círculo de Leitores, 1977




publicado por ciadojardins às 18:26

link do post | comentar | favorito

...


Calendula (ou maravilha dobrada)


Calendula (ou maravilha dobrada)


  • Nome científico: Calendula Officinalis
  • Semear: Março a Abril; Setembro a Outubro
  • Floresce: Primavera e Verão
  • Altura. 35-75 cm
  • Floração: Abundante e prolongada
  • Folhagem: Prefumada
  • Suporta climas marítimos
  • Semear directamente em linha 20-30 cm de distância;Desbastar várias vezes para obter uma planta todos os 20 - 30 cm; Regar após cada operação
  • Associar a outras plantas de fácil crescimento como papoilas da California, Migelas das Damas, Papoila dobrada, Chagas, Rosas da Índia ou Sálvias.
  • São odiadas pelos caracóis e lesmas: bom método preventivo e natural para afastar estes nefastos animais
  • Significado: "Melancolia. Penas"In. GREENAWAY, Kate: A Linguagem das flores, Círculo de Luitores, 1977

    Clorófito elatum

    Clorófito elatum
    • Nome científico: Chlorophytum elatum "Variegatum"
    • Também conhecida por: Planta Aranha, Gravatinha,Dracena
    • Família:Agavaceae
    • Floresce: Verão
    • Altura: 10 a 60 cm
    • Originária: África do Sul e Ásia
    • Tolera: pequenos períodos de seca
    • "De Fevereiro a Setembro regue a C. elatum liberalmente e adube-a uma vez por semana. Regue-a parcimoniosamente desde Outubro até ao fim de Janeiro e conserve-a a uma temperatura inferior a 7º C." In. SEDDON, George: O Jardim em sua Casa, Círculo de Leitores, 1976, p. 48
    • Ciclo: Perene
    • Multiplica-se por: divisão de touceira e pelas novas inflorescências, retirando-as da planta mãe e plantando-as num novo vaso.
    • Ideal para: cestas suspensas, interiores, mas também bordaduras e floreiras
    • Se ingerida é venenosa, não causando a morte, mas vómitos e perda de apetite (anorexia)







    Lírio Asiático

    Lírio Asiático

    • Nome científico: Asiatic Vermeer
    • Semear: Abril a Maio
    • Floresce: Julho a Agosto
    • Semear: directamente em linha 25 cm de distância
    • Altura: 80 cm
    • Usa o período de inverno para a maturação dos bolbos
    • Prefere o sol
    • Aprecia o frio
    • Não tolera a seca
    • Anual
    • Multiplica-se por bolbos e por escamação
    • Ideal para corte, mas também para vasos , canteiros e maciços.
    • Colheita: As astes são cortadas quando se estiver a abrir o primeiro botão
    • Remover, por beliscadura, os caules de pólen (isto também prolonga a vida da flor) ; usar fita-cola para tirar o pólen da roupa









publicado por ciadojardins às 18:24

link do post | comentar | favorito

...


Ciclame

Ciclame
  • Nome científico: Cyclame persicum
  • Também conhecido por ciclame-da-persia, violeta-dos-alpes, ciclame-de-alepo
  • Semear: A partir de Setembro até Maio (Idealmente no final do Verão)
  • Transplantar em Agosto
  • Profundidade: Cobrir o tubérculo por 1/3 ou metade
  • Distancia: 1 flor por vaso
  • Floresce: Setembro a Março
  • Temperatura 12ºC a 18ºC (máximo 5ºC)
  • Altura: 20 cm. ( max. 30 cm.)
  • Prefere o sol parcial ou sombra
  • Prefere locais ventilados mas sem ventos fortes onde receba a luz da manhã
  • Manter certo grau de humidade mas evitar excessos de água; não suporta humidade nem calor em excesso
  • No Inverno regar a cada 3 dias
  • "Quando a planta estiver em pleno crescimento, do Outono até ao final do Inverno, conserve a terra apenas húmida. Depois da época de crescimento, vá regando gradualmente menos e deixe a planta secar" In. SEDDON, George: O Jardim em sua Casa, Círculo de Leitores, 1976, p. 50
  • O excesso de água pode apodrecer o bolbo
  • Carece de 1/4 de terra comum, 1/4 de terra vegetal e 1/2 de arreia
  • Coloque gravilha no prato para a planta obter a humidade suficiente
  • Originária: Europa, Ilhas Gregas e Mediterrâneas, Síria
  • Indicado para vasos e planta de interior
  • Planta perene
  • Multiplica-se por bolbo e semente
  • Floresce ao final de 15 meses após semear, isto é, mais que um ano
  • Assim que as folhas murcharem e caírem, devesse retirar, puxando, as hastes, de modo a removê-las da planta pois podem prejudicar a planta
  • Atraem borboletas
  • Significado: "Amor maternal"In. GREENAWAY, Kate: A Linguagem das flores, Círculo de Luitores, 1977
  • Simboliza o crescimento interior e sugere o ciúme, a resignação e o adeus. Ideal para locais de reflexão.








publicado por ciadojardins às 18:21

link do post | comentar | favorito

.JARDINAGEM & PAISAGISMO

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. Nosso trabalho

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Abril 2014

. Setembro 2012

. Agosto 2012

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub